Neste Blog, o Dr. Paulo Branco irá publicar matérias sobre as suas especialidades, além de responder duvidas e interagir com seus leitores e pacientes.
Fique sempre atualizado para saber das melhores e mais inovadoras técnicas para desenvolver seu bem estar e qualidade de vida.
Envie suas dúvidas e perguntas para: paulobrancoprocto@gmail.com

Youtube - Dr. Paulo Branco

Youtube - Série especial de vídeos

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Estética anal: Clareamento anal


Clinica de estética anal:
Medico: Dr. Paulo Branco

Dr Paulo Branco:
A idéia de fazer este centro foi a dificuldade referida pelos novos pacientes e os já cadastrados na clinica, de encontrar no mesmo espaço, profissionais que atuando de forma integrada tratem as afecções que comprometem a estética anal seja na sua integridade e anatomia peculiares, na cor ( clareamento ), presença de pelos ( Depilação cera e laser), pelinhas ( hemorroida externa), verrugas, pólipos ( pequenas bolinhas ) que deveram receber tratamentos adequados. Atualmente vários procedimentos contribuem  para o êxito dos resultados na estética anal e são realizados nos heterossexuais e no publico GLBT.

Causas das alterações na estética anal:

Na pele:
- Dermatites: É a inflamação da pele perianal que muitas vezes se estende para o períneo,  glúteo e virilha. Quase sempre resultam de uma irritação crônica da pele. Os pacientes referem uma coceira intensa associada a uma alteração na textura da pele ( grossa ), algumas vezes associada com fissuras e mudança na coloração da pele para avermelhada, rosada ou escurecida. As causas são varias e as mas frequentes são a dermatite de contato alérgica, as infecciosas e a higiene inadequada.

- Pelos:
Atualmente a vaidade masculina e feminina não se limitam a uma barba bem feita ou a um corte de cabelo do momento. Há preocupação com a remoção dos pelos inconvenientes nas várias  regiões como o peito, barriga , virilha e região anal. Temos feito a depilação das referidas regiões com o laser ou cera. O protocolo de tratamento dos pelos com o laser ou cera será explicado na consulta.


Escurecimento da pele perianal:
Observei na pratica clinica que o escurecimento da pele perianal e entre os glúteos incomoda muitos pacientes que procuram por uma solução, a melhor possível.

Causas:
Existem varias causas para o escurecimento da  pele na região perianal, dermatites alérgicas, ferimentos repetitivos consequentes a uma relação passiva sem um relaxamento e lubrificação adequados, uso de brinquedos  inadequados, praticantes do fist, assaduras e principalmente pela disposição da pele em preguinhas radiadas ou dobras na volta do ânus observadas também no escurecimento da pele nas axilas, virilhas e cotovelos.


Tratamento: Protocolo do Dr Paulo Branco

- Exame Microscópico local:
Eu sempre faço uma analise microscópica da pele perianal e vaginal para afastar DST que tem uma freqüência considerável, mesmo nas pacientes assintomaticas.
- Substancias de uso local:
- Ação: Existem varias substancias que atuam diminuindo a produção da melanina, que é um pigmento que da cor a pele.  
- Tempo de ação: É lento e os resultados costumam  aparecer com dois meses de uso diário do produto.
Alguns pacientes referiram melhora da pela escura com trinta dias e também da textura, espessura e firmeza da pele.
- Importante: Fator de proteção 30:
Como a pele ficará mas sensível a ação da luz, sempre use o fator de proteção 30 no dia a dia.



Contra-indicações:
Doenças proctologicas sintomáticas
Coceira
Irritação
Ferimentos
Arranhões

Protocolo a ser seguido para o tratamento do escurecimento da pele perianal:

1 - Higienização:
A pele é protegida por uma fina camada de gordura que atua como um isolante do meio externo, por isso a higienização ou limpeza deverá ser feita de forma delicada, passando um higienizador com as mãos com movimentos suaves e nunca use esponjas que poderá irritar a pele o que tornará o procedimento inviável;

2- Enxaguar;
3- Aplicação:
Aplicar a substancia na forma de creme dermatológico rigidamente no horário e quantidade orientados e feitos pela equipe;
4-  Lavagem: Dia seguinte   
5- Mascara protetora: Para alguns casos com o objetivo de deixar a pele macia e hidratada;


Proctologicas:
- Pelinhas: As pelinhas na volta da abertura anal, geralmente em numero de duas  é seguramente o que mas incomoda as mulheres hetero, lesbicas e os gay’s que praticam o sexo anal passivo. Esses pacientes referem uma irritação local da pele ( Dermatites) causada pelos resíduos fecais depositados nas dobrinhas cutânea ou
pelo atrito da pelinha com o papel higiênico e calcinha nas mulheres. Essas pelinhas incomodam e constrangem os pacientes nos seus relacionamentos pelo aspecto estético que compromete a distribuição regular e uniforme das preguinhas perianais. É importante que os pacientes saibam que essa pele poderá representar um sintoma de doenças proctologicas principalmente se associada a dor e sangramento durante as  evacuações. Na medicina essa pelinha recebe o nome de plicoma e poderá indicar hemorroida interna ou externa  e fissura anal crônica facilmente diagnosticados pela inspeção medica. Essa pelinha também poderá resultar de uma hemorroida externa que trombosou, isto é o sangue coagulou dentro do vaso hemorroidário, ficando aquela bolinha dura  que determinou a compressão e distensão da pele ocasionando a perda de elasticidade da mesma com
formação da pelinha mole. A única forma de tratamento definitivo desta pelinha é a sua retirada cirúrgica que eu tenho feito com o laser e sob anestesia local com alta logo após o procedimento. É muito importante que se tenha a preocupação e o comprometimento com o melhor resultado estético possível do procedimento cirúrgico.

- Hemorroidas: As hemorroidas que determinam  uma elevação da pele na volta da abertura anal são diagnosticadas como internas de terceiro e quarto graus e geralmente são em numero de três dispostas como um ponteiro de um relógio as 7, 11 e 3 horas. Produzem uma grande alteração na anatomia da abertura anal que fica muito comprometida pela perda das preguinhas características e presença de pele em excesso dispostas como uma cortina na frente da abertura anal. O tratamento das hemorroidas de terceiro grau eu faço pela ligadura elástica  e para as de quarto grau pela retirada cirúrgica com o laser sob anestesia local e sedação.



- Verrugas: Alguns pacientes apresentam verrugas planas na pele da região perianal e glútea. Essas verrugas estão localizadas muitas vezes em regiões de atrito podendo determinar ferimento e sangramento local.
-  HPV: A verruga causada pelo HPV é uma doença sexualmente transmissível que poderá alterar a estética anal que difere da forma plana acima descrita  pela presença de sintomas como a coceira e perda de secreção.  São geralmente esbranquiçadas e de superfície rugosa. Muitos pacientes referem terem feito sexo anal passivo de risco, sem camisinha com aparecimento posterior das verrugas. 
- Cicatrizes: Cicatrizes resultantes de procedimentos cirúrgicos e do uso inadequado de medicamentos na forma de  pomadas) para o tratamento do HPV, poderão  determinar o estreitamento e mesmo cicatrizes que acabam comprometendo a estética anal.

- Pólipos: São tumores benignos, usualmente arredondados, macios, superfície lisa e que podem ou não ter um pedículo. São tumores benignos e geralmente estavam presentes em outras partes do corpo como virilha e face interna das coxas.




Nenhum comentário:

Postar um comentário